O Programa de Aceleração da Gestão Pública é uma iniciativa do LAB FGV que visa a reconstruir a autonomia administrativa e institucional da gestão municipal brasileira, por meio de uma rede de especialistas em inovações escaláveis, replicáveis e de alto impacto.

Este Programa busca agregar capacidades ao setor público, especialmente em parceiros públicos municipais com nova administração, em que haja urgência de demandas básicas de gestão, bem como necessidade de suporte técnico para ações estratégicas de planejamento com foco em inovação. Trata-se de um esforço concentrado, através de intervenções pontuais e integradas, de modo a dotar o ente público de autonomia funcional de qualidade no curto/médio prazo.

Equipe Responsável

Membro Fellow

Priscila Oliviera

É líder da comunicação do LAB. Graduada em Ciências Sociais pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC – FGV) e graduanda de História pela mesma instituição. Bolsista de iniciação científica no projeto ‘Memória das Ciências Sociais no Brasil’. Estagiou na área de mobilização da Casa Fluminense por dois anos, onde posteriormente produziu o curso ‘Segurança Pública e Cidadã da Baixada’ e o ‘Primeiro Curso de Políticas Públicas da Casa Fluminense’. Atuou na coordenação do Pré-Vestibular Comunitário Nelson Mandela por dois anos. Foi responsável pela elaboração do plano de comunicação do LAB.

Membro Fellow

Aline Melo

Graduanda em Ciências Sociais e História pela Escola de Ciências Sociais da Fundação Getulio Vargas (CPDOC-FGV) e em Pedagogia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). É coordenadora geral e professora de Sociologia do Núcleo de Pré-Vestibular Social Nelson Mandela, vinculado à Educafro, e educadora popular no projeto de educação social de rua. Desenvolve trabalho de pesquisa sobre educação em relações étnico-raciais no CPDOC-FGV e atua como auxiliar de pesquisa junto à Subcomissão da Verdade na Democracia, vinculada à Comissão de Direitos Humanos da ALERJ. Trabalha no projeto de aceleração da gestão pública do LAB-FGV, na Prefeitura de Mesquita. Acredita numa educação inovadora capaz de transformar o processo de ensino e aprendizagem por meio da construção colaborativa, tendo a tecnologia como grande aliada, e defende a capacitação do funcionalismo público como alternativa para melhoria da gestão pública.

Conselheira

Fernanda Oliveira

Graduada em Direito com formação complementar em Economia pela FGV. É pesquisadora do Centro de Estados em Regulação e Infraestrutura da FGV, nas áreas de governança regulatória e empresas estatais; bolsista da Fundação Botín e da Brown University no Programa de Fortelecimento da Função Pública na América Latina, e também bolsista do David Rockefeller Center for Latin American Studies (DRCLAS), na Universidade de Harvard, no programa Creating Public Value: Challenges for Management and Public Policy. Participou do Programa Latino-Americano de Seminários em Governabilidade, Gerência Política e Gestão Pública, oferecido pelo Banco de Desenvolvimento das Americas (CAF), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV) e com o George Washington University (GWU).

É cofundadora do Laboratório de Políticas Públicas da Fundação Getulio Vargas, instituição focada em repensar o setor público a partir do experimentalismo, na busca por soluções estruturais para problemas nacionais. Atualmente, integra o incrível time de conselheiros do LABFGV, auxiliando com toda sua experiência e vasto conhecimento no projeto Aceleração da Gestão Pública. Como um dos três grandes fundadores, não poderia estar de fora do nosso fã clube oficial. Porém, não gasta suas energias competindo com Pedro e Harllos, pois sabe que o posto de fã número 1 já tem nome: o dela.

Membro Fellow

Harllos Arthur

Bacharel em Relacões Internacionais pela Universidade Federal de Roraima (UFRR), com um semestre feito na Universidade de Brasília (UnB). Harllos é estudante de Direito, Economia (Formação Complementar) e Matemática Aplicada (Formação Complementar) na Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro, com bolsa integral, e é estagiário no Centro de Direito e Economia (CPDE) da FGV Direito Rio, onde pesquisa na área de regulação de infraestrutura.

Cofundador do Laboratório de Políticas Públicas da FGV, instituição focada em repensar o setor público a partir do experimentalismo, na busca por soluções estruturais para problemas nacionais. Atualmente, atua no projeto D.O. Liberto, usando e abusando de seu conhecimento em Direito e quebrando a cabeça com seus colegas programadores (mas aprendendo, claro).

Membro Efetivo

Jorge Zaiden

Natural de Goiás, é graduando em Ciências Econômicas pela Escola Brasileira de Economia e Finanças (EPGE) com previsão de graduação para o final de 2019. Já teve uma experiência internacional de intercâmbio em Vancouver, no Canadá. Tem interesse em economia da educação, macroeconomia e tecnologia blockchain.

Visualizou no LAB FGV uma chance única de poder trocar experiências com os mais diferentes níveis do setor público e, sobretudo, ter contato com uma gestão pública que pretende se transformar em um modelo na eficiência. Sempre acreditou no poder transformador da iniciativa privada, porém, com a plena convicção da necessidade de um setor público competente e efetivo para criar as condições necessárias para o crescimento.

Conselheiro

Pedro Henrique Costa

É estudante de Direito e Matemática Aplicada (Formação Complementar) na Fundação Getulio Vargas – FGV, onde é bolsista por mérito acadêmico. Ele é Cofundador e Diretor do Laboratório de Políticas Públicas da FGV, instituição que trabalha para reinventar o setor público brasileiro através de ações de inovação e experimentalismo, na busca de soluções estruturais para os problemas nacionais. É alumni do Programa Top China, promovido pelo Santander Universidades, programa intensivo de formação acadêmica e cultural, com foco em desenvolvimento sustentável, realizado na Universidade de Pequim e na Universidade Shanghai Jiao Tong, na China. Em 2016, desenvolveu a primeira edição da Conferência Desafio Brasil, que reuniu líderes públicos e privados brasileiros para discutir desenvolvimento, governo, inovação e tecnologia no país. Atualmente trabalha como pesquisador no Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV, nas áreas de governo digital e inovação institucional.

Membro Efetivo

Rafaella Salles

Rafaella Salles é estudante de Direito pela Escola de Direito da Fundação Getulio Vargas e tem formação complementar em Relações Internacionais pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC/FGV). É pesquisadora em Mobilidade Urbana e Sharing Economy, com foco em responsabilidade civil e criminal dos carros autônomos, pelo Centro de Tecnologia e Sociedade da FGV-Rio.

Em 2016, conheceu o LAB FGV ao trabalhar na Conferência Desafio Brasil e, desde então, enxerga o potencial que o Laboratório de Políticas Públicas têm de ser a porta de entrada que garantirá inovação e renovação no setor público brasileiro. Atualmente, faz parte do time da Diretoria Executiva e acredita, com orgulho, no enorme potencial que esse time tem de gerir e prototipar políticas públicas inovadoras.